Armênia

Se você quer reviver a história da humanidade esse é o local certo. Com uma população receptiva, extremamente receptiva e calorosa, Armênia é repleto de igrejas, ruínas, mosteiros, com paisagens naturais de tirar o fôlego, montanhas e lagos cristalinos. Além de tudo isso, seu conhaque está entre os melhores do mundo, fazendo parte de sua cultura. Viajar pela Armênia é viajar pela história.

Se o desejo é reviver um dos episódios mais marcantes da história armênia, a dica é visitar o Memorial do Genocídio, construído na colina de Tsitsernakaberd, é um memorial dedicado às vítimas do Chamado Genocídio Armênio levado a cabo pelas forças otomanas, entre os anos de 1914 e 1923. Todo ano, no dia 24 de abril, o país realiza uma emocionante homenagem as vítimas, com a presença de músicos, artistas e políticos.

Outro lugar interessante a ser visitado é a Praça da República, o coração cívico de Yeveran, capital da Armênia. Com lagos e fontes, além de todo o conjunto arquitetônico envolvente, possuí atrações como o espetáculo de água e luzes, chamado Dancing Fountains. Próximo a praça, também é possível conhecer a Cascata de Yerevan, uma suntuosa escadaria de 500 metros de extensão com uma largura de 50 metros, com terraços de jardins, mirantes e fontes, que conecta duas partes da capital. A construção das escadas começou durante a era soviética e continua até hoje. Atualmente, o local se tornou um centro de arte contemporânea, que muitas vezes recebe exposições e shows de música ao vivo.

A Catedral Etchmiadzin é a matriz da Igreja Apostólica Armênia está localizada na cidade de Vagharshapat. De acordo com a maioria dos estudiosos, esta foi a primeira catedral (mas não a primeira igreja) construída na Armênia antiga, sendo considerada a mais antiga catedral do mundo. A igreja original foi construída no início do quarto século — entre 301 e 303 — pelo santo padroeiro da Armênia, Gregório, o Iluminador, na sequência da adoção do cristianismo como religião do Estado pelo rei Tiridates III. Considerada um dos maiores tesouros do mundo, é imprescindível não conhece-la.

Mas não se deixe enganar pelos templos religiosos, a Armênia também pode ser o lugar certo para praticar o terrível pecado da gula. Começando pela basturma, uma tentação em forma de comida: carne seca temperada com alho, cominho e outros condimentos, proporcionando um sabor forte e marcante que combina com absolutamente tudo, desde simples omeletes e sanduíches a pratos mais refinados. O Cafe Basturma é o lugar ideal para prová-la. Os restaurantes armênios em geral são ótimos, mas quem procura o melhor custo-benefício deve ir direto no Tavern Yerevan, frequentemente apontado como o melhor restaurante da cidade.

Programe-se | Embora o país seja um excelente destino de viagem durante o ano todo, a melhor época para uma viagem é nos meses mais amenos e secos, entre maio e outubro. Os invernos não são muito frios e, embora possa haver queda de neve, não é muito frequente. E não se engane com o tamanho da Armênia no mapa, você vai precisar de ao menos uma semana para explorar a história do país.

Roteiros Sugeridos