Líbano

Suspenso entre o céu e o mar, é uma terra iluminada em sua verdadeira geografia, com paisagens esplendidas, cultura e história. Além de sua larga planície costeira com duas cadeias de montanhas ao norte e ao sul, que merecem ser vistas. Você precisa conhecer Líbano e seu povo hospitaleiro e alegre, com vida noturna agitada, e o seu banhar do mediterrâneo de um lado e cordilheiras dos outros.

Sendo um dos pontos turísticos mais visitados de todo Oriente Médio, há 18km ao norte de Beirut, capital de Líbano, e com um caminho bem sinalizado, é possível visitar a enorme, magnificente e impressionante Gruta de Jeita. Consiste em duas cavernas separadas, e ao mesmo tempo, interligadas por um túnel. Além de ser uma área bem preservada. Próximo a ela, é possível visitar Harissa, o mais importante templo católico de Líbano, o qual possuem vários outros. Localizado há 20km de Beirut, no alto de uma colina e, mesmo se você não for adepto à religião católica, a energia do local e a vista da cidade que ele proporciona fazem valer a pena a visita.

Biblos é uma cidade portuária, localizada na costa mediterrânea do Líbano, 42 km ao norte de Beirut. É continuamente habitada e a mais antiga do mundo, desenvolvida dentro de uma forte muralha desde o período Neolítico até 2150 a.C. Era a cidade onde se extraia o papiro para a Grécia Antiga, entre outros produtos, e hoje seu centro histórico está totalmente revitalizado, valendo a pena a visita. Durante o verão (junho a setembro) acontece o Festival Musical de Biblos, onde já se apresentaram cantores internacionais famosos. Lá ainda estão alguns dos melhores resorts de praia.

Se você é cristão, não pode deixar de conhecer a Gruta de Canaã, aquela mesma da blíblia. Muitos dizem ter ocorrido nesse local o primeiro milagre público de Cristo, quando Jesus transformou a água em vinho, afinal, o sul do Líbano fez parte da grande galileia. O local não está tão bem conservado, porém as jarras estão lá e, muito próximo a elas, cavernas protegidas e reconhecidas pelo Vaticano.

A culinária libanesa é uma das mais famosas e populares em todo o mundo, e isso se deve à história cultural do Oriente Médio entre os séculos 16 e 20, e a influência que os povos mediterrâneos e europeus exerceram na antiga Fenícia. Riquíssima em ingredientes e aromas, comidas como colhada, pão sírio, hommos, babaganoush, podem ser encontradas em uma das maiores redes de fast food do Líbano chamada Barbar, um local chamado Petit Café, com vista para o mar mediterrâneo, ou o Laziz.

Programe-se | Devido ao clima do Mediterrâneo uma viagem para o Líbano é agradável durante o ano inteiro, porém a melhor época para uma viagem são os meses mais quentes e secos, entre abril e outubro.

Roteiros Sugeridos